Pular para o conteúdo principal

Avalanche

Quantas mudanças de humor, quantos sentimentos aflorados, quantos pensamentos em tão pouco tempo...
Já sabia que o ano seria de Iansã e que com isso tudo seria mais intenso, mas não podia prever nada disso que estou vivendo...
P-A-L-A-V-R-A-S
É explosão de sentimentos...
É avalanche de emoções...
É fantasma que se desmistifica...
É amigo que deixa de ser amigo...
É um turbilhão de emoções...
É Bloco da Preta...
É beijo nas costas...
É prosseco à vontade...
É show da Ivete...
É voz que vai embora...
É bebedeira com emoção de não querer mais largar...
É querer saber sobre o que o outro sente...
É viver a emoção de quem se viu nascer fazer 15 anos...
É re-viver emoções passadas...
É falta de pitstop...
É flashback...
É vivenciar a emoção de uma familia e perceber que a dupla apesar de ser boa não existe mais...
É uma mudança de opinião, de saber que nada pode ser previsto e que quando a gente sente, a gente tenta e a gente muda...
É a buzina que interrompe e deixa a garganta entalada...
É a raiva que aparece por falta de resposta...
É a compreensão de que tudo tem seu tempo...
É o alívio de receber uma resposta, mesmo que vaga...
UFA!!!! É muita coisa se passando neste coração que há anos não sabia como era estar se sentindo assim... em estado de "bobeirice"...
Muda padrão, muda crença, muda convicção, muda estilo e acabam-se as certezas...

Entregue às minhas próprias emoções...
É a certeza de que não se tem mais certeza de nada...
É a consciência de que o jeito é esperar e ver qual será o destino...

"Oh! Insensato destino
Prá quê?
Tanta desilusão
No meu viver
Eu quero apenas ser feliz
Ao menos uma vez
E conseguir
O acalanto da paixão
Destino!
Porque fazes assim?
Tenha pena de mim
Veja bem
Não mereço sofrer
Quero apenas um dia poder
Viver num mar de felicidade
Com alguém que me ame
De verdade..."

Quando me entrego é sem amarras, sem preconceitos, é de verdade, independente de quanto vai durar...
É o viver o aqui e o agora...
É relaxar...
É curtir...
É aguardar... porque como diz minha amiga Alê: "o que é do homem o bicho não come"

E que o final dessa avalanche seja o inicio de uma feliz história....

"A minha alegria atravesou o mar...."
 

Comentários

Roberta disse…
Adorei o post!
Conseguiu passar pro papel tudo q vc vem sentindo! P-E-R-F-E-I-T-O!!!

Aguarde, o q é seu está guardado!

Bjsssss
Alê disse…
Não adianta tentar apressar as coisas quando elas têm seu tempo pra chegar.
Tudo o que tiver que ser, será!
Tô na torcida!
Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

"Aonde quer que eu vá"

Quem é que nunca ouviu uma música e lembrou de um momento da vida? Músicas, cheiros... quando ouvimos ou sentimos parece que entramos numa máquina do tempo e vamos até o momento em que vivemos tal situação... Hoje eu estava no carro e tocou no rádio uma música do Paralamas do Sucesso "Aonde quer que eu vá levo vc no olhar..." E essa música fez parte de um momento da minha vida... E a letra é incrivelmente linda... Logo depois q o Hebert e a mulher sofreram o acidente e ela morreu eu soube que ele escreveu essa música antes do acidente e fiquei boba porque parece que ele "pressentia" o que aconteceria... Na verdade lá no fundo do nosso ics, da nossa alma pressentimos muitas coisas e colocamos isso em carta, textos, músicas... E parece que Hebert fez isso pressentindo que seu amor iria para um outro plano... Eu sempre tive uma intuição forte e aguçada e muitas coisas que aconteceram na minha vida pareciam que aconteciam do nada, mas eu já sabia que algum dia tal situ…

"Dê o passo que o universo coloca o chão"

Caramba, quanto tempo!!!
Nem sei há quanto tempo não escrevo aqui!!
Desde que meu filho nasceu que minhas certezas e garantias foram mudando.
Depois que a maternidade chega, a gente começa a pensar de forma tão diferente. Novas possibilidades surgem, novos interesses e novos valores.
Mas não é tão simples como pode parecer.
Levei alguns anos para entender o que estava acontecendo dentro de mim. Um turbilhão de situações e de mudanças. Precisei passar por uma pancreatite, ficar internada e só então retomar a análise... Precisei conhecer mulheres incríveis com um pensamento mais próximo ao meu, precisei ter coragem para dizer o que penso de verdade e precisei de força para dizer para mim mesma que eu precisava correr atrás dos meus sonhos!
Depois de 14 anos trabalhando numa mesma empresa... precisou que um furacão passasse por lá e acabasse com toda minha certeza de que lá era um lugar maravilhoso para que eu pudesse ter coragem para correr atrás.
Foi quando eu liguei para Fadynha e ped…

Para Laura

Resolvi reservar um cantinho aqui no blog para contar para você, Laura como foi a gravidez da mamãe a sua espera...  Minha sobrinha querida,
Eu soube que sua mãe estava desconfiada de que você estava lá sendo gerada dentro dela...
No dia 17/01/10, domingo, fomos no churrasco na lage da casa da tia Alessandra e minha princesa Marina ficou grudada na sua mãe... sua mãe começou a desconfiar de que a menstruação atrasada significava mesmo que você já estava lá... Neste mesmo dia a noite ela falou comigo no MSN:
- Patyça, tô bolada
- Por que??
- Minha menstruação tá atrasada, era para ter vindo dia 15
- Mas tá sentindo alguma coisa?? Faz o teste de farmácia
- Eu fiz semana passada mas deu negativo, mas meu peito tá doendo... não sei...
E assim ficamos na expectativa... até que depois de um feriado de São Sebastião em familia, onde eu, sua avó, seu pai e sua mãe almoçamos juntos, jogamos juntos e finalizamos o dia assitindo um belo pôr-do-sol no Arpoador e comendo um koni... (…