Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2010

"Toy Art" - "O Jogo da Vida" - by Pâmela Perez

"TOY ART - a tradução literal é "brinquedo de arte". É um conceito, uma manifestação contemporânea que se apropia do brinquedo para mesclar desgin, moda e urbanidade. É um brinquedo feito para não brincar, dirigido especialmente para adultos e com o intuito de colecionismo e/ou decoração. O Toy arte é, em síntese, uma "tela" em 3 dimensões para artistas e designers expressarem sua arte. Toy Art é isso e algo mais, e me serviu também para transmitir o quanto amo vocês! JOGO DA VIDA - Ninguém vive sozinho completamente. Como seres humanos sempre nos relacionando. Com a natureza ou com os seres e pessoas do mundo. E o que marca uma relação é que, necessariamente, cada um é bem diferente do outro. Assim como as relações também são. Têm umas mais duradouras, outras passageiras, outras que retornam e outras que nunca teremos, mas que nos marcam eternamente. E assim vamos vivendo. Sempre unidos a alguém ou a muitos outros. Juntos, unidos, rindo, gargalhando, chorando, …

Trinta e quatro (3.4)

"SAGITÁRIO - 22/11 A 21/12
EU VEJO um final feliz! Livre como um pássaro, preciso ter meu espaço. Adoro descobrir coisas novas e, otimista que sou, costumo dizer que no fim tudo acaba bem."

Essa descrição me define bem... e como sempre digo: coisas de uma sagitariana!

Hoje, dia 25/12, dia de Natal, de celebrar a paz e a união, dia de assitir o Rei Roberto Carlos na Tv, completo 34 anos e 1 mês e precisava "digerir" esta informação para conseguir escrever meu post...

Como o tempo passa rápido né??? Parece que foi ontem que fiz 15 anos... Quando a gente é adolescente sonha em completar 18 anos, depois sonha em ser uma mulher madura e por aí vai... Hoje sou uma mulher de 34 anos, solteira, independente, trabalhadora brasileira (como diz minha amiga Lú rsrs) e confiante de que realizarei meus objetivos...

E neste ano comemorei bastante meu aniversário... as comemorações já começaram no dia 20/11... depois um almoço com a amiga Lú dia 23/11, depois a chegada da minha ami…

"Silêncio"

Afônica...
Dificil para mim ficar assim...
Mas acredito que tudo tenha um motivo...
O que não foi dito, foi escrito...
Ás vezes é necessário calar-se para poder escutar...
Aguardo a resposta e a voz voltar...

E lá vai mais uma de Marisa Monte, bem "simbólica" neste momento:

"Silêncio, por favor
Enquanto esqueço um pouco
A dor no peito
Não diga nada sobre
Meus defeitos
Eu já nem lembro mais
Quem me deixou assim.

Hoje eu quero apenas

Uma pausa de mil compassos
Para ver as meninas
E nada mais nos braços

Só este amor

Assim descontraído...

Quem sabe de tudo, não fale

Quem não sabe de nada, se cale
Se for preciso, eu repito

Porque hoje eu vou fazer,

Ao meu jeito eu vou fazer
Uma samba sobre o infinito"

"memórias, crônicas e declarações de amor"

é isso... re-comprei este CD da Marisa Monte outro dia numa promoção e hoje fui arrumar casa e resolvi escutá-lo e pra quê???
lá no quarto, varrendo e de repente uma cena na minha cabeça...
fiz uma viagem no tempo...
o ano de 2000... quatro pessoas num carro escutando este CD... uma época em que estava pronta para me apaixonar e desejava encontrar alguém que compartilhasse comigo os mesmos gostos, as mesmas afinidades, que fosse meu amigo, companheiro, que topasse fazer loucuras...
e de repente... hoje eu precebo que ali naquele carro tinha alguma coisa errada...
e hoje? o que sinto? já vivi tantas coisas, não sou mais aquela "sonhadora" que acredita piamente em príncipe encantado... mas aqui está uma mulher que pela primeira vez se vê sem saber se está ou não apaixonada... será? realmente não sei responder...
outro dia conversando com minha amiga falei que eu brinco, brinco mas que no fundo o que eu desejo é um companheiro que seja amante, amigo e que me transmita seguranç…