Pular para o conteúdo principal

Para Laura - 3º aniversário

Minha princesa Laura,
Hoje você completa 3 anos e Papu não pode vê-la, pois você está com catapora e a titia está a espera do seu primo Rafael e aí ficou impedida de te dar um abraço apertado. Mas em breve vou aí te apertar e dar seu presente!
Há 3 anos você chegou para aumentar a alegria na nossa família. Sempre uma pequena doce, meiga, tinhosa e hoje sabemos tagarela, um pouco parecida com sua titia aqui, né? rs
Nós temos uma ligação que vai além de tia-sobrinha, pois de alguma forma sinto que nossas "almas" já haviam se cruzado em algum momento! Não é à toa que assim como sua mãe, um dia designou um nome para se referir a mim você trouxe um próprio e eu não sou apenas sua tia Patrícia ou Patyça eu sou a PAPU e isso me enche de emoção, pois sei que tem um significado muito especial.
Mais ainda, pois antes mesmo que eu soubesse que estava grávida, você me disse que eu teria um "menino pequenininho" e não é que o menino, que se chamará Rafael está a caminho? E torço para que vocês dois sejam como primos-irmãos e que possam ser amigos, se protegerem e principalmente se amarem muito!
Mais feliz ainda eu fico quando vejo que você adora o Diego, pai do Rafael, percebo que escolhi o príncipe certo e tenho cada vez mais certeza de que NADA É POR ACASO nessa vida, já saiba disso!!
Desejo então, toda felicidade do mundo para você, que você seja uma grande mulher no futuro, inteligente, esperta, determinada, sagaz e que tenha solidariedade e humildade com o próximo!!!
Em breve, estaremos juntas e eu te darei um abraço tão apertado que você vai reclamar e é claro que tenho que levar uma palha né? Afinal: papu = palha!!! rs Olha mas eu digo logo, isso é culpa da sua mãe que todos os dias quando estava grávida de você me ligava e dizia: "Patyça a Laura quer brigadeiro, faz pra ela?" e agora você continua o legado e quando me vê fala: "Papu, tem pala?" rsrs
Tem, meu amor, sempre que você pedir Papu faz!!!
Te amo muito, do tamanho do mundo!!!
Sua tia coruja/babona
Papu
3 anos - Laurinha e Papu
PS: E quando você crescer tem mais dois posts para você ler:
http://pensamentospr.blogspot.com.br/2010/10/para-laura.html
http://pensamentospr.blogspot.com.br/2011/02/para-laura-ii.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Relato do meu parto natural

-
Desde pequena ouço minha mãe falar dos seus partos normais e sempre tive a certeza de que no dia em que eu engravidasse teria meu filho da maneira normal, afinal ele deveria sair por onde entrou rs Claro que não abomino a cesariana, mas para mim ela existe para salvar mãe e/ou bebê e não para ser algo escolhido. Respeito a escolha de cada mulher, mas esta não seria uma escolha minha. Portanto, desde que descobri minha gravidez "inesperada" mas super desejada, decidi que iria enfrentar uma "batalha" visto que o modelo do Sistema brasileiro mostra que hoje em dia na rede particular aproximadamente 90% das mulheres têm seus filhos através de cesareas agendadas. Na maioria dos casos, influenciadas por seus médicos que não querem exercer sua profissão de maneira ética e querem decidir o dia do bebê nascer sem comunicar a ele e isso gera muitos problemas... (em breve outro post sobre isso...)
Enfim, corri atrás de informações com amigas que tiveram seus filhos de parto…

"Aonde quer que eu vá"

Quem é que nunca ouviu uma música e lembrou de um momento da vida? Músicas, cheiros... quando ouvimos ou sentimos parece que entramos numa máquina do tempo e vamos até o momento em que vivemos tal situação... Hoje eu estava no carro e tocou no rádio uma música do Paralamas do Sucesso "Aonde quer que eu vá levo vc no olhar..." E essa música fez parte de um momento da minha vida... E a letra é incrivelmente linda... Logo depois q o Hebert e a mulher sofreram o acidente e ela morreu eu soube que ele escreveu essa música antes do acidente e fiquei boba porque parece que ele "pressentia" o que aconteceria... Na verdade lá no fundo do nosso ics, da nossa alma pressentimos muitas coisas e colocamos isso em carta, textos, músicas... E parece que Hebert fez isso pressentindo que seu amor iria para um outro plano... Eu sempre tive uma intuição forte e aguçada e muitas coisas que aconteceram na minha vida pareciam que aconteciam do nada, mas eu já sabia que algum dia tal situ…

Saudadinha

Ai, hj bateu uma saudadinha...
Há três meses venho exercitando uma coisa que não tenho que se chama: paciência
Entendendo de que cada um tem seu tempo e de que o meu tempo nem sempre é o tempo certo...
Isso porque tem umas coisinhas simples que me prendem... e me deixam assim... sonhando, pensando, fantasiando... E-S-P-E-R-A-N-D-O
Que verbinho dificil de conjugar esse: esperar... dificil demais para uma sagitariana nascida de 8 meses...
E quando a saudade bate assim... fica ainda mais dificil...
"Também estou com saudades, quer dizer você não disse que estava, mas escreveu... é mas eu estou..." essa frase é igual a cair da cama e esconder a cabeça no travesseiro... fofo demais...
-Então tá, um beijo!
-Dois!
Own... é bobo né? Eu sei, mas é tão fofo...
Será que estou tendo aulas de frieza?? Será que eu posso falar isso??? Será que posso dizer: hum, que saudades do seu sorriso de canto de boca??
O desejo de acertar é tão grande que fico meio paralisada...
Só queria dizer que es…