Pular para o conteúdo principal

Coincidências?!

Dia 11/10 - jantar de comemoração dos 4 anos da Marina. Erika decide vir me encontrar aqui em casa para irmos juntas... Fomos, então no meu carro... Já chegando na Barra, Alê manda uma msg no meu cel: "Amiga, pode por favor passar em algum lugar e comprar vela?" ok. Eu e Erika então paramos no posto, entramos na loja BR mania e Erika achou uma vela de 4 anos... mas não gostamos muito, era o número quatro grande com um olho que rodava e estava toda encardida... Erika olhou e disse: A criança vai ter até medo disso!! rsrsrs
OK. Vamos então em busca da vela... como não sei andar muito bem na Barra (muito menos Erika) entrei numas ruas lá por dentro e do nada avistamos o shopping Barra Garden... Paramos na rua e entramos... Avistei logo de cara uma papelaria...
- Erika, ali! Uma papelaria.
Entramos e perguntamos se tinha... Depois de muito analisar as velas que lá estavam, decidimos levar umas de cor laranja...
Na hora de pagar, Erika avistou no balcão uns santinhos pequenos dentro de um "vidrinho"
- Gata, olha!!! Vou comprar para te dar, Santo a gente tem que ganhar! Tem Santo Antônio???
- Vamos procurar...
- Achei Nossa Senhora da Glória! É ela... já que temos a tradição de batizar nossos filhos na Igreja do Outeiro da Glória!!!
Nos abraçamos e fizemos aquela balbúrdia na papelaria...
Ao chegar na casa da Alê, ela disse: IH!!! Tenho vela!!!
Ou seja, fomos lá para que eu pudesse ganhar Nossa Senhora da Glória...

12/10/2010 - Feriado de Nossa Senhora da Aparecida - Sol maravilhoso e um frio congelante no Rio de Janeiro.
Mais ou menos as 17:30, lá estou eu no Mirante Dona Marta com meus hóspedes recém-casados Val e Gilson, recebo uma msg de Erika: Gata, vamos ao cine???
E lá fomos nós, eu, Erika e mom para o Artiplex... Chegamos por volta as 19h. Nada disponível, todas as salas e sessões esgotadas, pensamos em ver Comer, rezar, amar ou Tropa de Elite II, mas nada feito...
Fomos então para o Cinemark, lá chegando só havia uma opção para as 20:15, o filme era "Coincidências do Amor"...
Será que foi mesmo coincidência??? A história é a seguinte: uma mulher perto dos 40 anos que decide ter um filho independente de um companheiro (oi??). Essa mulher Kassie (Jenifer Aniston) tem um amigo (HOMEM) há mais de 10 anos (há mais de 10 anos, é isso mesmo???) e o chama para jantar para contar sua decisão:
- Wally, decidi que vou ter um filho e que vou procurar um doador, pois quero comprar um semên (oi?????) Nesse momento do filme, recebo olhares e sorrisos de mom e Erika. Por que será????? rsrsrsrs
Esse amigo oferece para ser o doador, mas ela diz que não pois ele é muito neurótico... rsrs

Amigos, com vários relacionamentos fracassados durante a vida e nunca pensaram um ficar juntos????

No grande dia da inseminação.... Wally, bebâdo, sente ciúmes de Kassie e sem "perceber conscientemente" troca os sêmens....
7 anos se passam... E ele percebe que sempre foi apaixonado por Kassie e quando conhece o menino (Sebastian) se vê no menino... E nem preciso contar o final do filme né???

Pois é... muito choro e muitas identificações... pois prestes a completar meus 34 anos e com o desejo ainda mais forte de ser mãe... minha decisão em breve será essa... às vezes brinco com minhas amigas que na minha lista de mercado tem: pão, manteiga e sêmen... brincadeiras a parte... gostaria muito de encontrar um companheiro que pudesse dividir comigo esta alegria suprema de ter um filho... e quando falo isso não estou dizendo que quero isso hoje, agora... desejo me establizar primeiro (isto inclui um apartamento próprio) para poder realizar meu sonho e independente de qualquer coisa daqui a algum tempo estarei escrevendo um novo blog, onde nele falarei as dores e as delícias da maternidade...

Ah!!! E depois do filme, minha certeza só se solidificou: NÃO EXISTE AMIZADE ENTRE HOMEM E MULHER!!!!!!!! Eu já acreditei que isso fosse possível, mas há mais ou menos 5 meses esta minha teoria caiu por terra...

Assistam o filme!!!
Viva Nossa Senhora da Glória!!!!!! Que ela em breve traga o "homem da semente" para mim...

PS: Qualquer semelhança é REALMENTE mera coincidência!!!!!!!

Comentários

ErikaMartin disse…
E eu com uma insônia danada...Ah Nossa Senhora traga logo essa semente pra Paty e me apresente o irmão da semente..pode ser já o fruto..kkkk
É amiga!!! Nada..nada acontece do nada...Espero sinceramente que mais do que tudo...q a Nossa (mãe)Senhora continue a te proteger e te acolher nos momentos necessários.
Engraçado q nunca havia feito isso de ir pra tua casa p depois ir p a Ale né? Outra coisa,,perdidas nada,,,fomos guiadas para a papelaria,,,Tudo tão místico! Vc lá pertinho do céu...eu te ligo!!! Te achei em POrto Alegre...e mesmo assim conseguimos,,mesmo separadas...entendemos a lição.. "Nem sempre as coisas da acontecem da forma que planejamos...elas simplesmente acontecem...forças e desejos do universo!"
Patricia Ramos disse…
NOOOOOSSSAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!VEEEEEEXXXXXXXXXXXEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!!!! ESTE FOI SINIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!!!!!!!
ADOREI O TEU POST E MUITO BEM ESCRITO!!!!
PARABÉNS!!! DEU ATÉ ARREPIOOOO!!!!
BJS E TUDO VAI DAR CERTOOOO!! TEM 1 ANO E POUQUINHO Q TE CONHECI E SAIBA Q GOSTO PRA CARAMBA DE VC E TORÇO MUITO, MUITO MESMO POR VC!!!!
Ana Lucia disse…
Oi, Paty! Realmente coincidências não devem existir... Estava aqui no Google, buscando imagens de Nossa Senhora da Glória, pois estou encomendando uma boneca de pano (santinho) dela, para dar de presente para a minha mãe, que se chama Glória... e eis que achei a sua imagem... e acabei lendo o seu Post... Me identifiquei de cara com você, pois eu também, no auge dos meus 34 anos só pensava em "arrumar" uma pessoa que estivesse na mesma sintonia, pois queria muito ser mãe... só que meu caso era um "pouco" diferente do seu, pois eu já me "relacionava" com uma pessoa "meio" enrolada... se é que você me entende!!! Mas daí... ao completar 35, fui acometida pela GRANDE Surpresa.... Depois de algum tempo sem ter "nada" com este meu rolo... tivemos, e eu ENGRAVIDEI!!! Foi mesmo sem intenção, mas fiquei SUPER FELIZ quando eu soube... Mas a recíproca não foi verdadeira... Diferente do que eu sempre pensei que aconteceria, ele ficou desesperado, e ao invés de me apoiar, "sumiu"... Na realidade ele não desapareceu completamente, mas me ligava esporadicamente, e se nos vimos umas 6 vezes durante toda a gestação, foi muito!!! Foi bastante difícil, pois ao mesmo tempo que eu vivia um momento muito feliz da minha vida, vivia também uma das minhas maiores frustrações até aquele momento... O cara que dizia que fazia qq coisa por mim, que eu era a mulher da vida dele... enfim, tudo aquilo que alguns homens sabem fazer como ninguém (MENTIR)!!! A verdade é que apesar da DOR em relação ao "relacionamento perdido"... se é que se perde aquilo que nunca tivemos... resolvi levar a minha gestação adiante e ter a minha filha... e não me arrependo de nada!!! Hoje minha filha está com 8 meses! E como bem disse a Erika, "Nem sempre as coisas acontecem da forma que planejamos...elas simplesmente acontecem...forças e desejos do universo!" É nisso que eu acredito... Mas só queria te dizer uma coisa... Se você realmente decidir tentar uma "produção" independente, esteja muito consciente! Digo isso, porque eu sempre estive muito segura de que tiraria de letra, pois eu também cheguei a pensar em tentar de fato esta tal Produção Independente... Mas hoje eu vejo que é muito difícil, emocionalmente falando... Não me refiro nem a parte material, financeira... a parte emocional é sem dúvida nenhuma a mais difícil... Por mais que te digam que existem vários casamentos que também acabam, mesmo com os filhos... e nós sabemos que isso é verdade... Fazer esta Escolha, de ter o filho SOZINHA, é bastante complicado... Mas o filho em si, é uma delícia!!!! Faça o que o seu coração pedir, mas esteja muito sóbria DURANTE A DECISÃO!!! Boa sorte! Obs.: Outra curiosidade, é que o fato que você relatou, aconteceu no dia 11 de out de 2010... 2 dias depois da minha filha sair da maternidade!!! Bj,Ana Lucia (e-mail: ana.lucia@calper.com.br)

Postagens mais visitadas deste blog

"Aonde quer que eu vá"

Quem é que nunca ouviu uma música e lembrou de um momento da vida? Músicas, cheiros... quando ouvimos ou sentimos parece que entramos numa máquina do tempo e vamos até o momento em que vivemos tal situação... Hoje eu estava no carro e tocou no rádio uma música do Paralamas do Sucesso "Aonde quer que eu vá levo vc no olhar..." E essa música fez parte de um momento da minha vida... E a letra é incrivelmente linda... Logo depois q o Hebert e a mulher sofreram o acidente e ela morreu eu soube que ele escreveu essa música antes do acidente e fiquei boba porque parece que ele "pressentia" o que aconteceria... Na verdade lá no fundo do nosso ics, da nossa alma pressentimos muitas coisas e colocamos isso em carta, textos, músicas... E parece que Hebert fez isso pressentindo que seu amor iria para um outro plano... Eu sempre tive uma intuição forte e aguçada e muitas coisas que aconteceram na minha vida pareciam que aconteciam do nada, mas eu já sabia que algum dia tal situ…

"Dê o passo que o universo coloca o chão"

Caramba, quanto tempo!!!
Nem sei há quanto tempo não escrevo aqui!!
Desde que meu filho nasceu que minhas certezas e garantias foram mudando.
Depois que a maternidade chega, a gente começa a pensar de forma tão diferente. Novas possibilidades surgem, novos interesses e novos valores.
Mas não é tão simples como pode parecer.
Levei alguns anos para entender o que estava acontecendo dentro de mim. Um turbilhão de situações e de mudanças. Precisei passar por uma pancreatite, ficar internada e só então retomar a análise... Precisei conhecer mulheres incríveis com um pensamento mais próximo ao meu, precisei ter coragem para dizer o que penso de verdade e precisei de força para dizer para mim mesma que eu precisava correr atrás dos meus sonhos!
Depois de 14 anos trabalhando numa mesma empresa... precisou que um furacão passasse por lá e acabasse com toda minha certeza de que lá era um lugar maravilhoso para que eu pudesse ter coragem para correr atrás.
Foi quando eu liguei para Fadynha e ped…

Para Laura

Resolvi reservar um cantinho aqui no blog para contar para você, Laura como foi a gravidez da mamãe a sua espera...  Minha sobrinha querida,
Eu soube que sua mãe estava desconfiada de que você estava lá sendo gerada dentro dela...
No dia 17/01/10, domingo, fomos no churrasco na lage da casa da tia Alessandra e minha princesa Marina ficou grudada na sua mãe... sua mãe começou a desconfiar de que a menstruação atrasada significava mesmo que você já estava lá... Neste mesmo dia a noite ela falou comigo no MSN:
- Patyça, tô bolada
- Por que??
- Minha menstruação tá atrasada, era para ter vindo dia 15
- Mas tá sentindo alguma coisa?? Faz o teste de farmácia
- Eu fiz semana passada mas deu negativo, mas meu peito tá doendo... não sei...
E assim ficamos na expectativa... até que depois de um feriado de São Sebastião em familia, onde eu, sua avó, seu pai e sua mãe almoçamos juntos, jogamos juntos e finalizamos o dia assitindo um belo pôr-do-sol no Arpoador e comendo um koni... (…