Pular para o conteúdo principal

Amigas para sempre

Desde que li o post que minha amiga para sempre Erika escreveu em seu blog, decidi que apenas comentar o seu post não era suficiente, pois para falar dessas 3 pessoas especiais que eu amo DEMAIS seria necessário também um post no meu blog! Nós somos 4 amigas que se conheceram no ano de 1994 na Universidade Estácio de Sá, no curso de Psicologia!
O primeiro dia de aula para mim foi uma loucura, eu "Elba" total de short de bali, nauru preto e mochila (com medo de trote rsrsrsrs) passando por uma fase MEGA dificil, pois meus pais acabavam de se separar e tendo que começar uma nova fase da vida...
Meu pai sempre nos criou numa redoma de vidro, então pegar ônibus, sair para lugares longe não faziam parte do meu cotidiano... E no primeiro dia de aula eu estava saindo da Ilha do Governador para ter aula no Rio Comprido. Meu pai me levou de carro, mas a volta eu teria que tentar alguma coisa... ao mesmo tempo que queria minha liberdade e indenpêndencia, o medo de sair livre e só era grande...
Então lá cheguei eu na sala de aula, louca, esbaforida, falando sem parar e sentei ao lado de duas meninas e perguntei logo de cara: "Oi, td bem? alguém sabe como eu faço para ir para Ilha de ônibus??", ao que vejo a cara de surpresa de uma delas que respondeu: não sei, moro na Barra e eu continuei falando sem parar e olhava para ela que viria a ser a amiga mais amada e querida, irmã de alma, comadre Alessandra Mauro Prado. Ela me olha assustada como quem diz: "que garota louca..." e responde: eu moro na Ilha, mas minha mãe vem me buscar...
E assim começou essa amizade que durará para toda a eternidade... Eu e Alê passamos a vir todos os dias juntas, foi ela quem me ouviu, quem me ajudou a enfrentar os momentos dificieis que eu enfrentava em casa e foi ela quem arranjou meu primeiro emprego que rende frutos até hoje... MAs essa é uma outra história...
Nós passamos a ser inseparaveis e com as dinâmicas e apresentações que rolavam nas turmas de piscologia conhecemos as inseparaveis Erika Cristina Cantanhede Martin e sua amiga "empadinha" rsrsrs Lara e aí mais uma se uniu a amizade para sempre... Erika é a figura do quarteto, não há quem não ria com suas palhaçadas, morava no Grajaú e ela passou a ser uma pessoa MUITO especial e hoje faz parte do meu dia-a-dia sempre, é a minha companheira de night, de amores impossíveis, de alegrias de tudo e é a ela que devemos o lema das amigas para sempre: "Nada é por acaso" Foi ela que deixou eu e alê super preocupadas quando achou que estava doente, com câncer e faltou dois dias de aula, sumindo, não atendendo aos telefonemas (na época incompreensível para nós, hoje super aceitável, pois ela é assim...) e quando ela nos ligou foi para nos brindar com a noticia maravilhosa de que estava grávida...
E assim foi... Hoje nosso pequeno Lucas está com 13 anos... Passavamos todas as aulas acariciando sua barriga, eu de um lado e Alê do outro... Nós três temos 1000000 histórias para contar...
E para completar o quarteto veio Pâmela Rocha Perez, a super sociável e ao mesmo super anti-social... Ela faz o tipo lider de torcida, representante de turma, que conhece todos, se dá bem com todos, mas ao mesmo tempo quando forma sua TURMA ninguém pode penetrar hehe
No inicio ela era um pouco distante, foi se chegando aos poucos e minha relação com ela se fortaleceu e virou de fato AMIZADE para sempre quando começamos o estágio com a Selma e almoçávamos naquele pé sujo da faculdade e desabáfavamos sobre nossas vidas, nossos dilemas e discutiamos os casos, as mais apaixonadas pela psicanalise...
E foi assim que as quatro se tornararm inseparavéis... Marco da Pâmela é o unico que sobrevive desde essa época, participou de todos os nossos momentos e é claro que nós três fomos madrinhas do casamento deles, com direito a desmaio da Erika no altar e eu fui acudi-la e passei uma parte do casamento na sacristia tentando fazer Erika voltar hehehehe
Eu fui em busca do meu amor em Salvador e por lá morei por 6 anos e nunca em nenhum momento deixei de estar com minhas amigas para sempre... Eu e Alê trocavamos cartas constantes enquanto eu não tinha internet e eu e Pâmela também com a pequena diferença que Pam escrevia em vários momentos, meses diferentes e depois reunia e mandava tudo junto... Pam é a responsável por nossos presentes especiais das amigas para sempre...
Temos várias amigas que derivam deste quarteto (Lara, Yve, Paulinha, Márcia) e é lógico que elas são mais do que especiais também, mas esse post é dedicado em especial à vocês três: Alê, Erika e Pam.
AMO VOCÊS!!!

Comentários

ErikaMartin disse…
É Paty...quantas histórias!!! Engraçado depois que escrevi o post lá no meu blog lembrei de várias coisas que já passamos...Poxa tinha coisa mais legal do que nossos encontros lá na biblioteca da facu? Ficávamos horas viajando na vida...E os vários fondues na tua casa? Tínhamos direito a uma batata...e no último eu e Pam acabamos com o vinho do Porto da tua mãe kkk
Lembrei!!! Vc tinha que colocar aí numa foto daquela festa a fantasia na casa da Pam,,kkk Esse dia foi sensacional também. Agora tu vai rir...E quando nós três inventamos de trabalhar no Meli Mello kkk Lembra da seleção??kkkk Somos umas figuras!!!E nossa viagem p MG? Eu já grávida...comíamos milhões de pão de queijo..Pam não quis ficar na Pousada com a gente, ficou no alojamento da facu kkkk São tantas histórias...Eu amava quando eu ia na casa da Ale na Ilha...milhões de cachorros, achava o máximo aquilo!!Sabe q também sinto falta da Lara e da Yve no tempo da facu??Eram as figuras mais alucianadas da época..Doberman!Dodo!Redley!kkk e os mil gatinhos da Lara...E nossas paradas na padaria da Paissandú antes de começar o grupo?Caraca! E quando tu recebeu aquele telefonema na minha casa? lembra? Eu e a Ale sem acreditar...vc branca...Mil,mil histórias...Nossos encontros nas Letras e Expressões...mó vaigem!!!Aquele galeto no Chuá?!Seus nivers na casa da tua mãe na Ilha...meus na casa da minha mãe...da Pam ainda no Barramares...aquele xurras da Ale no Iate kkk Cara Copa do mundo!!! Lembra q decepção a gente no Provisório?Temos muitas histórias minha cara...a bem pouco tempo..eu,vc e a Ale no banheiro da Cobal...passamos mal de tanto de rir!!! E eu e a Pam no Aterro após o rolé d skate?Dançamos no meio da pista!!! E o Pablito filmou tudo...Aquele dia de chuva na Ale também...era p ser um dia comum, mas foi mega especial..falamos sobre nós...colocamos as histórias em dia,,quase rolou uma tristezinha, mas Mari nos animou com as brincadeiras e enfeites de carnaval,,kkkE os batizados no Outeiro? Cada um tem uma historinha em particular...E teu chá de Panela? E meu chá de bebe?kkk E aquele ano novo na Pam?E o xurras q Pam e Ale foram em Maricá?kk Os nivers do Lucas, agora da Mari e do Igor..Nossos almoços no La Mole..só de mulheres!!!Paty e nossa mania de vendas?kkk Temos que montar nosso próprio negócio...Viva o Sebrae!Nossos encontros família..todo mundo reunido!Já desabafamos sem parar, já choramos de morrer e já rimos de xixi e de alegria de viver!E vc e a Ale com mania de roupa igual? Ah..nossas músicas, nossas fotos...nossas vidas..Aí amigas..vou parar..pq senão o que era p ser comentário vai virar um post..kkk Amo Amo Amo sem palavras pra dizer..mas Amo Amo minhas amigas pra sempre...bjs queridonas
Patricia Ramos disse…
Cara Erika é lógico que lembro de tudo isso e agora tô passando mal de rir lembrando dessa seleção para Meli Melo kkkkkkkk
Enquanto eu escrevia lembrava mil coisas, mas a mente flui de uma forma tão louca que a gente não consegue postar tudo né??? O melhor desse telefonema na sua casa foi a noite anterior... o que foi aquilo pelo amor de DEUS hahahahaha e aquele aniversário da alê no thumbs up q ela decidiu sei lá porque dança o tchan na pista de dança kkkkkkkkkkkkkkkkkk e minha irmã pequetita mas grandinha já desabafando com vc pq vc parece com Ivete hahahahahaahahaha gente é tanta história que realmente não dá para colocar em um post só...são necessários mil posts... realmente precisamos abri nosso negócio pq a gente vive vendendo tudo hehehehehe e pam vendendo camisa do Freud no meio da rua em São João Del Rey??? O que foi aquilo gata????? enfim... são trocentas histórias e acho sinceramente que Manoel Carlos deveria nos conhecer heheheh bjos
Alê disse…
Ai, meu Deus tô passando mal de rir com essas estórias!!! Algumas já estavam esquecidas!kkkkkkk
É muito bom poder recordar tudo isso.
É amigas!! Freud não dizia que o "estranho" nos é familiar??
Nosso encontro foi todo esquisito,mas foi perfeito, quando pôde fazer sentido.
Amizade como a que temos umas pelas outras não é pra qualquer pessoa.Somos especiais.Viemos nessa vida também pra deixar estórias, pra contar estórias.Nada é por acaso.
Só sei que quem tem amigos, jamais vai estar sozinho, e nunca será uma pessoa triste.
Sinto como já nos conhecessemos num tempo que não é este.Que vem de muitas outras vidas.Por isso esse laço não desfaz, não fragiliza.
E aonde quer que eu vá, levo vocês no olhar!
: )

Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

"Aonde quer que eu vá"

Quem é que nunca ouviu uma música e lembrou de um momento da vida? Músicas, cheiros... quando ouvimos ou sentimos parece que entramos numa máquina do tempo e vamos até o momento em que vivemos tal situação... Hoje eu estava no carro e tocou no rádio uma música do Paralamas do Sucesso "Aonde quer que eu vá levo vc no olhar..." E essa música fez parte de um momento da minha vida... E a letra é incrivelmente linda... Logo depois q o Hebert e a mulher sofreram o acidente e ela morreu eu soube que ele escreveu essa música antes do acidente e fiquei boba porque parece que ele "pressentia" o que aconteceria... Na verdade lá no fundo do nosso ics, da nossa alma pressentimos muitas coisas e colocamos isso em carta, textos, músicas... E parece que Hebert fez isso pressentindo que seu amor iria para um outro plano... Eu sempre tive uma intuição forte e aguçada e muitas coisas que aconteceram na minha vida pareciam que aconteciam do nada, mas eu já sabia que algum dia tal situ…

"Amar é dar o que não se tem"

Esta frase é de Lacan e que para mim faz todo o sentido pois descreve de forma sucinta e ampla o significado do AMOR. Para muitos pode parecer uma frase sem sentido, pois pensa-se: como assim? Como posso dar o que não tenho? Mas o grande barato de amar alguém é realmente dar àquela pessoa o que nos falta... que é o indizivel, o que nos move, o que nos faz desejar, o que nos faz andar sempre em frente em busca dos nossos sonhos, dos nossos ideais... Amar alguém é simplesmente querer dar e receber amor em forma de atenção, de cuidado, de carinho, de gestos, de querer ficar junto, de querer continuar em um outro ser... porque não existe amor mais profundo do que o amor de pais e filhos, pois aquele ser representa uma história, representa a "falta" de cada um dos pares que gerou aquela criança e é por isso que eu tenho plena certeza de que o amor é algo sublime, que nos faz crescer, que nos faz progredir, que nos faz feliz... Há muitas frases que falam de amor, mas essa de Lacan…

Para Laura

Resolvi reservar um cantinho aqui no blog para contar para você, Laura como foi a gravidez da mamãe a sua espera...  Minha sobrinha querida,
Eu soube que sua mãe estava desconfiada de que você estava lá sendo gerada dentro dela...
No dia 17/01/10, domingo, fomos no churrasco na lage da casa da tia Alessandra e minha princesa Marina ficou grudada na sua mãe... sua mãe começou a desconfiar de que a menstruação atrasada significava mesmo que você já estava lá... Neste mesmo dia a noite ela falou comigo no MSN:
- Patyça, tô bolada
- Por que??
- Minha menstruação tá atrasada, era para ter vindo dia 15
- Mas tá sentindo alguma coisa?? Faz o teste de farmácia
- Eu fiz semana passada mas deu negativo, mas meu peito tá doendo... não sei...
E assim ficamos na expectativa... até que depois de um feriado de São Sebastião em familia, onde eu, sua avó, seu pai e sua mãe almoçamos juntos, jogamos juntos e finalizamos o dia assitindo um belo pôr-do-sol no Arpoador e comendo um koni... (…